• Postado em 20/11/2012    |   14:00

Agentes encontram armas e celulares na Penitenciária de Esperantina

De acordo com a direção do presídio, os internos que foram flagrados com esses objetos sofrerão medidas disciplinares cabíveis.

Agentes penitenciários da Gerência de Proteção Externa da Secretaria de Justiça (Sejus) e policiais militares realizaram nessa segunda-feira (19), uma vistoria minuciosa em todas as dependências da Penitenciária Regional de Esperantina “Luiz Gonzaga Rebêlo”, a 174 quilômetros de Teresina.

A ação resultou na apreensão de dois aparelhos celulares sem chips, um carregador  e 14 armas brancas, além de outros objetos ilegais que se encontravam localizados nas alas B e D daquela unidade penal.

As vistorias ajudam a promover a disciplina entre os detentos e são essenciais para manter a segurança dos presos e funcionários.

Desde o início de sua gestão o secretário Henrique Rebelo determinou que fossem realizadas vistorias frequentes em todas as unidades prisionais do Piauí. Tal iniciativa vem impedindo que os detentos tenham em suas celas aparelhos celulares, drogas e armas, contribuído assim, para uma melhoria constante do sistema penal do Estado.

Fonte: SEJUS

COMENTÁRIOS

Enviar Comentário